Pulga – Ctenocephalides canis

Pulga – Ctenocephalides canis
Dedetização

A pulga, essa criaturinha minúscula, pode pôr até 2.000 ovos em sua vida. Esses ovos passam por uma série de transformações que chamamos de ciclo da pulga. É importante saber alguma coisas a respeito das fases da pulga para entender como ocorre a reinfestação.

CICLO DA PULGA

Em seu ciclo, a pulga assume quatro formas:

Ovos – Apesar de serem depositados na pelagem do hospedeiro (um cachorro), os ovos não aderem nem à pele nem aos pêlos do cachorro. Como são escorregadios, eles caem logo no chão, ficando nas frestas do piso, cerdas dos tapetes e carpetes do ambiente. Portanto, podem ser encontrados em qualquer lugar por onde passe um cachorro infestado por pulgas. Os ovos da pulga adulta se transformam em larvas.

Larva – As larvas de pulgas evitam a luz, se movimentando para baixo. Portanto, ficam bem escondidas num nível mais profundo dos tapetes, frestas e camas dos cachorros, assim como os ovos. Ao eclodirem, elas passam por duas mudas (transformações) e depois se transformam em pupas. A larva madura transforma-se em pupa.

Pupa – Pouco falamos nesta forma, mas ela é muito importante! A pupa é uma forma dentro de um casulo capaz de sobreviver no ambiente por mais de 6 meses. Por ser viscoso, o casulo é rapidamente coberto com resíduos do ambiente que servem para camuflá-lo. A pupa também se esconde da luz e na maioria das vezes fica tão escondida que por mais que se limpe a casa ou utilize aspirador de pó,é muito difícil acabar com ela.

Pulga Adulta – A pulga adulta é a que vemos geralmente no cachorro. Ela também pode estar na casinha, na cama ou na coberta do cachorro. A pulga põe ovos e se alimenta de sangue, sendo que sua preferência é pelo sangue dos cachorros que é mais quente que o do ser humano.

Ao contrário das larvas, as pulgas recém-eclodidas se movem em direção à luz, ou seja, para a parte superior dos pêlos dos tapetes e da cama dos animais e ficam à espera de um hospedeiro, por exemplo, um cachorro. Também podem subir em capas de sofás, pernas de cadeiras, cortinas e outros móveis.

Dedetização

• Aspiramos todas as frestas, fendas, rodapés, piso em taco, portais, cortinas, jardineiras ou qualquer ponto de possível infestação.
• O tratamento contra pulga ou carrapato consiste em pulverizar inseticida líquido em todas as áreas onde possa ter maior incidência. A aplicação tem 3 estágios de ação:

Ação desalojante – Tira o inseto de seu alojamento .
Ação fulminante – Mata o inseto por contato e ingestão do produto.
Ação residual – Após o tratamento o produto continua ativo e eliminando os insetos pelo tempo da garantia.

• Aplicamos também um produto conhecido por IGR (regulador de crescimento), um hormônio que impede as larvas de eclodirem dos ovos e de puparem para se transformar em adultos.

• Podemos também aplicar o produto líquido com a atomizadora, dependendo do grau de infestação. Essa aplicação visa atingir partes que na pulverização normal não atinge.

• Lembrar que o ciclo da vida da pulga é muito resistente, isto é, a pupa da pulga pode aquentar vários dias dentro do casulo sem se alimentar (até 06 meses), isto pode prejudicar sua aplicação.

• Para que o tratamento seja completo é necessário que os animais domésticos sejam tratados com auxilio do veterinário.

• Pode ser necessário uma segunda aplicação após 15 dias para quebrar o ciclo da pulga.

Cuidados

• Todas as pessoas deverão sair do local, durante o mínimo de 12 horas. Recém nascido, gestantes, pessoas alérgicas ou com problemas respiratórios deverão afastar-se do local pelo prazo mínimo de 24 horas.

• Animais de qualquer espécie deverão afastar-se do local pelo prazo mínimo de 12 horas.

• Brinquedos, calçados, utensílios e pessoas devem ser retirados das áreas do chão.

• Todas as pessoas que acompanham a aplicação deverão usar máscara contra inseticida, não podendo comer, beber ou fumar durante a aplicação e 30 minutos após. Depois do serviço deve-se lavar as mãos e o rosto com água corrente. Não podem acompanhar o serviço gestantes, pessoas alérgicas ou com problemas respiratórios.

Prevenção

• Retirar o acúmulo de poeira e detritos em frestas de assoalho, carpete, tapetes etc…
• Manter o assoalho e as junções do rodapé, calafetados e encerados, pois a cera tem efeito desalojante.
• Adotar medidas de prevenção e controle de roedores, para evitar instalação por pulgas provenientes dos mesmos.
• Cuidar da higiene dos cães, gatos e outros animais domésticos, mantendo sempre limpos seus locais de repouso.